Logo marca Saniplus

LOCAÇÃO BANHEIRO QUÍMICO CABINE V.I.P.

Locação Banheiro Químico Cabine V.I.P.

Banheiro Químico Cabine V.I.P.

A locação de banheiro químico é muito usado para festas, eventos e ocasiões especiais. O maior motivo talvez seja por causa da falta de rede de esgoto ou pela quantidade de pessoas que vão comparecer ao local, é necessário  então o uso dessas cabines.

A Desentop está sempre procurando em novas tecnologias, para sempre garantir uma linha completa de produtos para atender as diversas situações e necessidades do mercado atual de sanitários portáteis.

Esses tipos de Banheiros Químicos são feitos em polietileno, este material é leve o que torna transporte mais fácil e os banheiros são mais resistentes.

Nossa equipe está pronto para tirar todas as suas possíveis dúvidas sobre cada etapa da Locação Banheiro Químico no Rio de Janeiro.

Confira os itens que esse banheiro químico apresenta:

– Piso antiderrapante;
– Caixa de detritos com Assento;
– Pia
– Bomba de agua com acionamento pelos pés.
– Suporte de papel higiênico;
– Sabonete líquido para higienizar as mãos;
– Espelho;
– Mictório;
– Bomba de água com acionamento pelos pés.
– Sabonete líquido para higienizar as mãos;
– Suporte de papel higiênico;
– Pia
– Piso antiderrapante.

Perguntas Frequentes

Leia as perguntas que nossos clientes fazem para nós

De modo geral, os preços podem iniciar de R$ 150,00 até 4 mil reais. Os maiores valores são aplicados ao banheiro químico super luxo, que geralmente é uma atração à parte nos eventos. O preço, em média, é encontrado no mercado por cerca de R$ 200,00.

Basicamente, essas cabines são LOCAIS portáteis, que armazenam o cocô e o xixi de multidões em grandes eventos que não contam com instalações sanitárias fixas nem com redes de água e esgoto. A limpeza dos resíduos só acontece depois de todos usarem o aparelho.

O consenso comum diz que é preciso 1 banheiro para cada 50 pessoas. Parece um número razoável, mas é preciso levar em conta uma série de fatores. A duração do evento é um deles. Quanto mais longa a festa, maior o consumo de bebidas e consequentemente maior número de idas ao banheiro.

Em obras, por exemplo, os banheiros podem ficar até uma semana sem manutenção, sendo utilizado, em média, por 10 trabalhadores em turnos de 40 horas.