Logo marca Saniplus

LOCAÇÃO DE BANHEIRO QUÍMICO CABINE PNE

Locação de Banheiro Químico Cabine PNE

Banheiro Químico Cabine PNE

O maior diferencial da Desentop é oferecer o serviço de locação de Banheiros Químicos Cabine PNE. Essas cabines atendem pessoas com alguma  Necessidade Especial. Esses sanitários contam com um tamanho diferenciado deixando o ambiente mais confortável e acessível para os portadores de necessidades especiais. Assim  proporciona mais conforto para o usuário conseguir manobrar a sua cadeira de rodas, a cabine ainda conta com barras de apoio obedecendo todas as regras de acessibilidade.

A Locação desses banheiros químicos trazem inúmeras vantagens, como: baixo custo, mobilidade, comodidade, versatilidade e muito mais.

Nossa equipe é formada por profissionais amplamente especializados e treinados para fazer de cada serviço uma experiência satisfatória, eficaz e rápida.

 

Conheça alguns detalhes dessa Cabine para Portadores de Necessidades Especiais:

– Altura da caixa de detrito: 0,48 m;
– Altura da Moldura da Porta: 1,88 m;
– Capacidade da caixa de detrito: 125 litros.
– Altura da Moldura da Porta: 1,88 m;
– Largura da moldura da porta: 0,81m;
– Altura da caixa de detrito: 0,48 m;
– Largura Externa: 1,57 m;
– Altura Externa: 2,31 m

Perguntas Frequentes

Leia as perguntas que nossos clientes fazem para nós

De modo geral, os preços podem iniciar de R$ 150,00 até 4 mil reais. Os maiores valores são aplicados ao banheiro químico super luxo, que geralmente é uma atração à parte nos eventos. O preço, em média, é encontrado no mercado por cerca de R$ 200,00.

Basicamente, essas cabines são LOCAIS portáteis, que armazenam o cocô e o xixi de multidões em grandes eventos que não contam com instalações sanitárias fixas nem com redes de água e esgoto. A limpeza dos resíduos só acontece depois de todos usarem o aparelho.

O consenso comum diz que é preciso 1 banheiro para cada 50 pessoas. Parece um número razoável, mas é preciso levar em conta uma série de fatores. A duração do evento é um deles. Quanto mais longa a festa, maior o consumo de bebidas e consequentemente maior número de idas ao banheiro.

Em obras, por exemplo, os banheiros podem ficar até uma semana sem manutenção, sendo utilizado, em média, por 10 trabalhadores em turnos de 40 horas.